Pesquisar este blog

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Toda Forma de Poder da AK47


Mikhail Kalashnikov foi um jovem sargento das forças blindadas soviéticas que fora ferido em combate em 1942, concebeu um protótipo de pistola-metralhadora enquanto estava de licença médica. Sua primeira arma foi indeferida em razão da complexidade, no entanto ele foi designado
ao órgão de investigação e desenvolvimento de armas leves do Exército Vermelho perto de Moscou, para continuar a sua educação e trabalho em outras armas. Aqui Kalashnikov projetou uma carabina semi-automática, fortemente influenciado pelo fuzil M1 Garand. Esta carabina, embora não tenha sido bem sucedida por si só, serviu como ponto de partida para seu primeiro fuzil de assalto, provisoriamente conhecido como AK No.1 ou AK-46

M1 Garand
Após a falha técnica do AK-46, Kalashnikov e seu companheiro designer Zaitsev (que era um designer de armas na fábrica Kovrov) decidiram reformular completamente a concepção, com o uso de soluções técnicas bem sucedidas emprestadas de várias armas, incluindo seus concorrentes diretos, AB Bulkin-46, Sudaev AS-44 e Remington modelo 8. Após extensos testes, realizados em dezembro de 1947 e Janeiro de 1948, que incluíram melhoramentos nos três modelos, os resultados foram pouco conclusivos. O AK-47 foi concebido para ser o mais durável e confiável dos três concorrentes, porém perdia em precisão para os outros, especialmente no modo automático.

A adoção oficial seguiu-se no final de 1949, com a nomenclatura  no padrão maior AK's 47"7,62 milímetros Avtomat Kalashnikova AK" (7,62 mm carabina automática Kalashnikov). Ao mesmo tempo, uma versão de coronha dobrável foi aprovada para o uso em unidades aéreas, como "7,62 milímetros Avtomat skladnoy Kalashnikova AK S' (7,62 mm carabina automática Kalashnikov, dobrável).

Ao longo dos anos seguintes, o projeto do AK incorporou muitas pequenas alterações e atualizações, mas foi o fuzil de assalto experimental Korobov TKB-517 (testado pelo Exército Soviético em meados dos anos 1950), 
que estimularam um maior desenvolvimento do AK. 
Korobov TKB 517
O Korobov TKB-517 era muito mais leve que o AK e com custo de produção de 2/3 do AK47.Ensaios das novas armas foram realizadas em 1957-58. Kalashnikov e sua equipe de Ijevsk apresentaram uma melhora com um novo 
tipo de caixa da culatra e outras pequenas melhorias e foi adotado oficialmente em 1959 como rifle - o AKM (Avtomat Kalashnikova Modernizirovannyj - Automática Kalashnikov Modernizada)

Os modelos AK e AKM foram amplamente exportados para os países pré-soviético em todo o mundo. Licenças de fabricação e pacotes de dados técnicos foram transferidos (gratuitamente ou com taxa nominal) para muitos países do Pacto de Varsóvia (Albânia, Bulgária, China, Alemanha Oriental, Hungria, Coréia do Norte, Polónia, Roménia, Iugoslávia). 
Países amigos, como o Egito, Finlândia e Iraque, também receberam licenças de fabricação.

AK-47 ou Avtomat Kalashnikova 47 foi criado por Mikhail Kalashnikov na União Soviética em 1947. Por muitos é considera um dos melhores fúzil pois é resistente a água, areia e lama e possui carregadores de 75 ou 100 projéteis. 
Dispara até 600 tiros/minuto. A velocidade do projétil na boca do cano é de 721 m/s, calibre 7,62 x 39 mm.  A AK-47 é, segundo o Guiness Livro do Recordes é a arma de fogo atualmente mais utilizada no mundo chegando aos 90 milhões de unidades.


Este modelo é recorrente no Livro Gomorra, que cita a máfia Coreana na Itália, li e recomendo a leitura e assista o Dvd. Excelente para quem curte o assunto máfia, drogas, tráfico de qualquer tipo regado com violência e muita Ak47
7
FONTE: WiKiPédia FOTOS : GooGle VÍDEO: YouTube


segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

Curtinhas da temporada 2012 da F1


E a Fórmula 1 2012, como vai ? Nesse momento vai somente de bastidores, treinos e cutucadas.


Enquanto o piloto brasileiro, Felipe Massa, encara o simulador à partir da quinta-feira dia 23 e na sexta 24 preocupado com o rendimento da Ferrari,o finlandês Mika Salo, 45 anos, ex-piloto da Sauber, Toyota e Ferrari, disse a imprensa local que ficou surpreso com a permanência de Felipe Massa na equipe italiana para a temporada 2012 da Fórmula 1. "Não acho que Massa continue na Ferrari após esta temporada. Fiquei surpreso com sua manutenção neste ano. Alonso é o primeiro piloto da equipe - disse em entrevista à TV finlandesa MTV3"
Felipe Massa nem ligou e continua treinando firme e forte.


"Nesse meio tempo, fui capaz de experimentar o carro no circuito catalão, pelo menos no simulador. Os últimos dois dias foram muito interessantes, porque simulamos uma corrida em Jerez, a pista onde o carro novo já foi testado, para logo depois avaliarmos seu desempenho em Barcelona. Há muito trabalho a fazer para afinar o F2012, mas, como dissemos na semana passada, acho que este carro tem muito potencial. Será importante cumprirmos muitos quilômetros na próxima semana, porque temos muitas idéias que queremos experimentar e é essencial não temos qualquer problema"


Lá na Europa, o ex-piloto britânico Stirling Moss ( 4x vice-campeão com 16 poles, vencedor de 16 corridas em 66 GPs ) encheu de elogios o alemão Vettel, comparando-o ao 5x campeão mundial da F1, Juan Manoel Fangio.
Vettel é realmente uma versão moderna de Fangio na Fórmula 1. Não posso enxergar algo que o faça tão bom que não seja a sua capacidade natural. Ele é notável, mas tem o melhor carro, o que é justo, porque normalmente o melhor piloto recebe o melhor carro. Fangio olhava ao seu redor e pegava o queria guiar.

Moss também citou a dupla da Mclaren, Jenson Button e Lewis Hamilton.
"Lewis faz coisas engraçadas, por isso não se pode ter certeza (sobre seu desempenho). Eu colocaria meu dinheiro em Jenson. Sim, eu faria isso. Lewis é ótimo, realmente é excepcionalmente rápido, mas Jenson pensa sobre certas coisas melhor do que Lewis. Como, em caso de chuva, se deve ou não trocar pneus. Para coisas desse tipo, ele tem uma melhor compreensão, muita experiência"


Bruno Senna acredita que a segunda temporada de treinos, de 21 a 24 de fevereiro, poderá trazer mais informações sobre o carro e os pilotos da Willians para 2012. Senna já completou 250 voltas coma Willians

"Ainda é difícil dizer onde a equipe está. Não estamos fazendo o mesmo programa de testes que os outros. Acho que estamos juntos com as outras equipes médias, mas só saberemos a verdade em Barcelona, quando todos começarão a fazer testes mais ousados. Acho que temos uma base forte e algumas ideias em termos de evolução, mas cada circuito é diferente. Por isso, acho que saberemos mais em Barcelona sobre as pistas tradicionais. Estivemos testando muitas coisas no carro para tentar melhorar a consistência dos pneus em alta e baixa velocidades. Todos os testes tiveram um objetivo definido e começamos a conhecer o carro melhor. Foi assim que trabalhamos em Jerez. Conhecemos as tendências e o mais importante é saber em que direção seguir quando encararmos um problema."


Na Mercedes, Dick Vigarista Schumachaer e Nico Rosberg fizeram 100km de testes em Silverstone, Inglaterra, para melhor adaptação do novo bico da F1, que pela regra deverá ter mínimo de 55cm de altura. 
veja o link do vídeo 


A temporada 2012 da Fórmula 1 começa no dia 18 de março, GP da Austrália.